quinta-feira, 2 de agosto de 2018

Pendências | PARA o renomado jurista, quando forem julgados os Embargos Declaratórios, prefeito será afastado novamente

O renomado jurista Dr Iran Padilha, falou na semana passada sobre a liminar que devolveu temporariamente o mandato do prefeito Fernandinho (MDB). Para ele, a liminar do TSE só foi concedida em virtude de não terem sido julgados os Embargos Declaratórios (uma espécie de revisão da sentença, quando há alguma coisa que ficou evidente na decisão) e, assim que os embargos forem julgados, o prefeito Fernandinho voltaria a ser afastado do cargo. "Essa minha análise é estritamente jurídica, pois pessoalmente desejaria que Fernandinho, apensar de tudo, continuasse no comando do executivo municipal, inclusive me ofereci para ajudar em sua defesa...", alega Dr Iran de Souza Padilha.

Nenhum comentário: