terça-feira, 28 de abril de 2020

ESPORTES - Recomendações da FNF para o retorno do futebol no Estado

VIGILÂNCIA SANITÁRIA

Na condição de órgão sanitário, a Vigilância Sanitária/Secretaria de Saúde será consultada com relação as medidas que deverão ser adotadas em praças desportivas, reunião de pessoas, uso de máscaras, medidas de higienização e demais medidas preventivas necessárias e/ou obrigatórias.

POLÍCIA MILITAR

Para a realização dos jogos, será necessário a liberação dos estádios pela Polícia Militar, com que se refere à segurança, bem como a redução da capacidade de uso, seguindo orientação das autoridades sanitárias.

É recomendado o uso de máscara pelos policiais que, quando necessário, serão disponibilizadas pelo clube mandante.

Serão mantidas reuniões oportunamente com os representantes da Polícia Militar quanto a orientações e medidas necessárias para evitar-se aglomerado de pessoas.

Para Corpo de Bombeiros e STTU, o Plano de Estudo aplica as mesmas medidas sugeridas para Polícia Militar.

ARBITRAGEM

Os árbitros deverão evitar permanência de pessoas além da necessária nos vestiários e, quando possível, de forma alternada entre seus integrantes.

Na atuação em campo, sempre que possível o árbitro deverá prezar pelo distanciamento dele com relação aos atletas, bem como dos demais integrantes da arbitragem.

O árbitro e/ou assistente escalado para uma partida que apresentar sintomas gripais deverá comunicar à CEAF, a fim de ser providenciada sua substituição.

A CEAF deverá escalar árbitros e assistentes que residam na mesma cidade onde a partida será realizada, evitando- se deslocamentos intermunicipais. Quando tal medida não for possível, a designação deverá ser feita observando-se o domicílio do árbitro mais próximo.

TOCEDORES

Se liberado pelos órgãos governamentais a presença de público nos estádios, os torcedores deverão fazer uso de máscaras, caso esta seja a orientação/determinação das autoridades governamentais.

Deverão seguir a orientação dos órgãos competentes quando a aglomeração de pessoas e manter o devido afastamento dos demais, principalmente no que se refere à entrada nos estádios e acomodação de lugares.

Sempre que possível, recomenda-se a compra dos ingressos de forma antecipada, a fim de evitar-se a aglomeração nas bilheterias.

IMPRENSA

Será necessária a utilização de máscaras de proteção e álcool em gel pelos profissionais que atuarem nas partidas.

Deverá ser aplicada o distanciamento mínimo de 1,5m a 2m quando da realização de entrevistas, bem como a utilização de um microfone específico para o entrevistado, devidamente higienizado com álcool em gel.

Os coletes utilizados serão cadastrados em nome dos profissionais habilitados, ficando estes responsáveis pela lavagem e reutilização.

Os clubes deverão adotar as medidas necessárias em seus centros de treinamento, não sendo recomendado o uso de salas de entrevistas fechadas.

TRANSMISSÕES AO VIVO

Caso seja necessária a realização de partidas com portões fechados, a FNF priorizará a transmissões ao vivo, em seu canal na internet, proporcionando a todos o acompanhar o jogo e a divulgação das marcas. Autilização de outro meio de divulgação poderá ocorrer mediante acordo entre mandante, mandado e anuência da FNF

Nenhum comentário: