sábado, 3 de julho de 2021

COVID - Secretário: Caso de vacinas vencidas pode ser 'mero erro de digitação'

Rodrigo Otávio Moreira da Cruz (à esquerda), secretário executivo do Ministério da Saúde, falou sobre denúncia de vacina vencida - Geraldo Magela/Agência Senado
O secretário executivo da Saúde, Rodrigo Otávio Moreira da Cruz, comentou hoje em entrevista à CNN Brasil a denúncia feita pela Folha de São Paulo de que quase 26 mil vacinas vencidas da Oxford/Astrazeneca teriam sido aplicadas no Brasil.

Cruz afirmou que o Ministério da Saúde cobrou esclarecimentos de estados e municípios, reforçando que a pasta faz verificações de validade antes de repassar os lotes de imunizantes, mas argumentou que a informação pode ter sido causada apenas por um erro de digitação no sistema do SUS (Sistema Único de Saúde).

Nenhum comentário: