sexta-feira, 18 de agosto de 2017

BRASIL - PF deflagra Operação Havana, que mira desvios no Ministério dos Esportes

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta sexta-feira a Operação Havana, que investiga a uma quadrilha que teria inserido dados de "atletas fantasmas" nos sistemas do Ministério dos Esportes, com o intuito de desviar recursos do "Bolsa Atleta". Os agentes cumprem seis mandados de busca e apreensão e seis de condução coercitiva, determinados pela 10ª Vara da Justiça Federal no Distrito Federal.

Segundo a Polícia Federal, a quadrilha conseguiu criar 25 atletas fantasmas no período de um ano. Há "atletas", inclusive, de alto rendimento e nível olímpico.

Ainda de acordo com a PF, as fraudes teriam ocorrido em 2012. Segundo informações encaminhadas pelo Ministério do Esporte, o prejuízo pode ter chegado a R$ 810 mil, o que corresponderia a mais de R$ 1 milhão em valores atualizados.

O nome "Havana" é referência ao local de nascimento do líder e de alguns membros da organização criminosa: Cuba.

Nenhum comentário: