quinta-feira, 11 de junho de 2020

PANDEMIA - Farmacêutica americana começará em julho fase final de vacina contra Covid-19

A empresa americana de biotecnologia Moderna anunciou nesta quinta-feira (11) que começará em julho a terceira e última fase de uma vacina contra a Covid-19. A etapa final contará com a participação de mais de 30 mil pessoas pretende evitar casos sintomáticos do coronavírus SARS-CoV-2, prevenir efeitos graves da doença e a infecção. Em comunicado, a Moderna afirmou que poderá fabricar entre 500 milhões e um bilhão de doses por ano a partir de 2021, após chegar a um acordo de colaboração com a empresa suíça Lonza que garantiu a distribuição das doses necessárias para a conclusão do estudo.

A farmacêutica concluiu no mês passado a segunda fase do estudo com 300 adultos que tinham recebido ao menos uma injeção. Agora, a empresa se prepara, com o aval da Administração de Alimentos e Medicamentos (FDA, na sigla em inglês) e do Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas (NIAID), para lançar a terceira fase no mês que vem.

“Com base nos resultados da primeira fase, foi escolhido o nível de dose de 100 microgramas como nível de dose ideal para maximizar a resposta de imunização enquanto se minimizam as reações adversas”, analisou a empresa.

O diretor médico da Moderna, Tal Zaks, comentou que a empresa está comprometida com o avanço do desenvolvimento da vacina “o mais rápido e seguro possível”. Todos os participantes do estudo serão monitorados durante pelo menos 12 meses.

Nenhum comentário: